Resenhas #47 - Eu, robô

Olá galerinha! Depois de muuito tempo sem fazer resenhas não poderia voltar ao blog com um livro melhor. Vou falar um pouquinho sobre esse e...

Olá galerinha! Depois de muuito tempo sem fazer resenhas não poderia voltar ao blog com um livro melhor. Vou falar um pouquinho sobre esse excelente livro!


Título original: I, robot
Autor: Isaac Asimov
Sinopse: Sensíveis, divertidos e instigantes, os contos de Eu, robô são um marco na história da ficção científica, seja pela introdução das célebres Leis da Robótica, pelos personagens inesquecíveis ou por seu olhar completamente novo a respeito das máquinas. Vivam eles na Terra ou no espaço sideral; sejam domésticos ou especializados, submissos ou rebeldes, meramente mecânicos ou humanizados, os robôs de Asimov conquistaram a cabeça e a alma de gerações de escritores, cineastas e cientistas, sendo até hoje fonte de inspiração de tudo o que lemos e assistimos sobre essas criaturas mecânicas.

   Eu, robô traz nove contos sobre robótica escrito pelo célebre Isaac Asimov. Um dos melhores livros de ficção científica, traz um enredo bem diferente d que estamos acostumados. Não se trata apenas de robótica mas de psicologia também.
   São seus primeiro contos, escritos entre a década de 40 e 50 publicados em uma sequência e organizados em uma outra sequência que seria mais cronológica, como podemos ver explicado pelo próprio autor num capítulo especial no fim do livro. São histórias independentes mas todas conectadas, passando  no mesmo espaço e tempo, envolvendo a fábrica U.S. Robots and Mechanical Men Inc.tendo algumas personagens que aparecem constantemente como a Dra. Suzan Calvin, psicóloga de robôs, Alfred Lanning, Mike e Gregory.
   Todos os contos mostram a humanização dos robôs, que começam a agir de forma que os humanos costumam agir. Por exemplo, no primeiro conto, "Robbie", ele começa a demonstrar sentimentos  pela garotinhas que é responsável por ser babá. Também no conto "Um robozinho sumido", onde um modelo NS-2 some e então descobrem que ele teve sua Primeira Lei modificada pelo governo, tornando-o perigoso. Esse conto mostra um grande conflito no psicológico do robô que mente e faz várias outras coisas para continuar se protegendo, dando um grande trabalho aos especialistas.
   Lendo o livro podemos perceber o quanto Asimov foi sensível, escrevendo sobre a capacidade dos robôs de mostrarem sentimentos e ao mesmo tempo muito inteligente pois ele coloca questões fundamentais complexas que nos fazem raciocinar. Um exemplo dessa complexidade são as Três leis da Robótica. Parecem bem simples, mas no decorrer das histórias, cada vez você se envolve mais pois o autor vai criando situações complicadas envolvendo essas leis. Você percebe então o quão profunda elas podem ser.
   

   A construção das personagens é tão surpreendente quanto dos contos. A medida que lemos nos aprofundamos em suas personalidades. Nos surpreendemos com os pensamentos bem sinceros da Dra. Calvin, que conta algumas histórias com seu ponto de vista, aos 75 anos. Até mesmo me diverti com Mike e Gregory que são muitas vezes pessimistas e sarcásticos, tornando as situações engraçadas.
   Esse é um livro que amei ler. Sempre gostei desse estilo de escrita, desse gênero tanto em livros como em filmes. O fato de pensar em robôs se tornando humanos, só que humanos mais capazes, é empolgante e assustador.
   Asimov soube muito bem lidar com esse tipo de tema. Seus contos não parecem ter sido escritos há mais de cinquenta anos, parecem ter sido escritos por alguém que vive no nosso século. É uma leitura fluida e de fácil entendimento. Fora essa edição impecável da Editora Aleph, que ajuda a tornar a leitura agradável com diagramação perfeita.
   Se você já assistiu aos filme Eu, robô, estrelado por Will Smith, espere algo diferente e muito melhor do livro. E saiba que sua visão sobre o filme após ver o livro também mudará.
   Bom, espero que minha resenha tenha ajudado vocês e espero que leiam esse livro maravilhoso, que até mesmo entrem para o mundo da ficção científica por meios dos livros de Asimov que são maravilhosos.

Um dos meus contos favoritos! <3

ISBN: 978-85-7657-200-8
Páginas: 320
Ano de laçamento: 2014
Editora: Aleph
Classificação: 5/5
Beijinhos e até logo!! ^^

  

You Might Also Like

0 comentários