Resenhas #27 - Divergente

Título original: Divergent Autor: Veronica Roth Sinopse:   Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco...


Título original: Divergent
Autor: Veronica Roth




















Sinopse: Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.


 Desde o primeiro capítulo, eu não tinha do que reclamar. Bastaram uma horinha para que eu chegasse ao capítulo 5. Foram com poucos livros que eu senti exatamente isso. Vontade de ler o dia todo. Não parar mesmo! A cada capítulo que eu lia, mais eu queria ler.
   Divergente possui uma estória incrível. As personagens são muito bem construídas, até porque, durante as estória, a autora sempre lembrava de colocar traços das antigas facções das personagens, em pequenos detalhes. E todo o desenrolar do enredo é surpreendente, porque acontecem coisas que a gente não imaginava que iriam acontecer.  E tudo isso é muito empolgante e desperta muita curiosidade.
   Um único contra que encontrei é, que em alguns trechos eu já sabia o que ia acontecer ou o que a personagem ia falar, porque era óbvio. mas isso não prejudicou o livro. Até porque nada era um óbvio que estragava o enredo inteiro. Eram apenas pequenas coisas, pequenos detalhes. Nada que fosse prejudicar a leitura.
   E quando eu cheguei ao fim, simplesmente fiquei triste, porque a leitura foi esplêndida! E o fato de saber que eu ainda vou comprar o segundo livro, ajudou bastante.
   Apesar de muitos afirmarem que não passa de uma cópia de outra distopia, eu acho isso um absurdo. Há muitos detalhes, muitas coisas diferentes, que não tem nem como comparar. Há uma coisa e outra parecidas, mas nada que seja relevante o suficiente para dizer que a autora copiou a outra. Divergente é uma distopia única. Nunca li nada parecido. 
   Enfim, acho que já deu para perceber que esse livro é cinco estrelas para mim, neh?! Eu gostei muito do livro, que além da estória muito legal, ele é muito lindo. A diagramação é excelente. Não vejo a hora de ler Insurgente. 
   Então, quem ainda não leu, corre ler porque esse livro é demais!!


ISBN: 978-85-7980-131-0
Páginas: 502
Ano de lançamento: 2012
Editora: Rocco - Jovens Leitores
Classificação: 4/5

                                          Beijinhos e até logo!! ^^

You Might Also Like

0 comentários