Resenhas #11 - Água para elefantes

Olá pessoal, tudo bem com vocês?Hoje a resenha é do último livro que li, Água para elefantes, mais um da minha meta do mês. agora eu já e...


Olá pessoal, tudo bem com vocês?Hoje a resenha é do último livro que li, Água para elefantes, mais um da minha meta do mês.agora eu já estou no último livro da meta hihi' vou ter que pôr mais livros na meta  

Título original: Water for Elephants
Autor: Sara Gruen
Ano de lançamento: 2006
Número de páginas: 272
ISBN: 978-85-99296-15-8
Editora: Arqueiro
Sinopse: Desde que perdeu a esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas e fantasmas do passado. Durante 70 anos ele guardou um segredo: nunca falou a  ninguém sobre o período de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora. 
   Aos 23 anos, Jacob era estudante de veterinária, mas sua vida mudou depois da morte de seus pais. Órfão, sem dinheiro e sem rumo, ele deixa a faculdade antes das provas finais e acaba pulando em um trem em movimento, o Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini. Admitido para cuidar dos animais, ele sofre nas mãos de Tio Al o empresário tirano do circo, e Agust, o bipolar perturbado chefe do setor dos animais. E debaixo das lonas que ele se apaixona duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.

   É uma estória maravilhosa! Esse livro tem um bom contexto e uma estória cativante. Eu já vou logo dizendo que, quando você começa a lê-lo, não quer mais parar. Você fica preso nele, você quer saber o que vai acontecer. Ele prende sua atenção totalmente.
   Um fator interessante no livro é a maneira como acontecem os fatos. Mesmo que pareça óbvio o que vai acontecer, não é. Esse livro tem cenas surpreendentes. Poucas coisas são óbvias, como todo livro tem, mas ele não é cheio de clichês. Se você procura uma estória diferente pra ler, aí está uma.
   Não tem como não gostar de Jacob Jankowski. Ele é uma doçura quando novo e engraçado quando velho. Conforme ele vai narrando, ás vezes volta para o presente e o que está acontecendo com ele na casa de repouso. ele é um pouco rabugento, mas para 93 anos ele é bem lúcido. isso torna ele engraçado, e você tem uma outra visão do envelhecimento. Você enxerga como é difícil a vida pra quem está idoso. E ele mais novo, é fofo, educado, gentil e determinado.
   Outro fator positivo no livro é que ele não é só romance, como aparenta ser. Ele, além de um pouco de drama, tem ação também. Como eu disse, é uma estória bem diferente e muito interessante. Você torce por ele e pela Marlena conforme as situações vão acontecendo. O melhor é que a Marlena não trai seu marido. 
   Um fator negativo no livro é a grosseria da escrita. Eu achei meio exagerado certas partes do livro, por ser um livro escrito por uma mulher. Acho que colocou algumas coisas masculinas demais. Parecia que a autora queria mostrar que entende de homens, o que eles pensam e que é necessariamente assim. Eu contei 50 termos indecentes pelo livro todo. Eu sou mais sensível com esse tipo de coisa do que a maioria das pessoas, e não gostei muito disso. Achei meio desnecessário.
   Enfim, embora há algumas coisinhas que não gostei, o livro é bom, a estória é incrível. Como eu já disse, é cativante e surpreendente.
   Essa foi a resenha do livro Água para elefantes pessoal! Espero que tenham gostado. Comentem se vocês já leram, se gostaram ou não.
     

                                Beijinhos e até logo!! ^^

You Might Also Like

0 comentários